AGILE DAY 2010 – Luiz Faias Jr.

[Luiz Faias Junior - Aprendizado][1]
Luiz Faias Junior - Aprendizado

Na tarde do dia 2911 tivemos a frente do palco do Agile Day 2010 Porto Alegre o Luiz Faias Jr.,  diretor de tecnologia da Bluesoft, compartilhando em sua palestra os conceitos e idéias que vem refletindo e aplicando sobre a criação de um ambiente  aprendizagem!

A palestra foi iniciada às 14:30h com várias perguntas rápidas, no qual em pouco tempo o mesmo admitiu se tratar apenas de uma brincadeira para para o pessoal levantar o braço e acordar! Bom início para mobilizar o pessoal e iniciar a dinâmica do nosso aprendizado!

Segundo ele, uma equipe e sua falta de motivação pode se motivar mas este problema não é só dela, e se você é um dos maiores interessados nisto, seja você o gerente ou não como foi o caso dele e do André Farias, você tem que encontrar uma forma! A forma da bluesoft foi encontrar pessoas certas, fomentar boas idéias, criar um momento de aprendizagem com foco no compartilhamento interativo de conhecimento entre outras coisa que resultaram hoje em mais de 100 palestras e um blog que enriquecem ainda mais a comunidade.

Segundo ele a idéia para este ambiente começou com a criação da empresa e foi inspirada pela visão ágil dele e do André mesmo antes deles realmente conhecerem esta palavra. Depois estudando afundo a agilidade, alinhando alguns conceitos promovidos pelo Ricardo Semler, conceitos do google e do jeito Toyota, alterando a forma de tratar cada um dos membros do time como adultos e profissionais, o crescimento prevaleceu!

O ambiente de trabalho tem que inspirar confiança! Neste momento foi exemplificado pelo Luiz  os ganhos em promover a cultura da confiança e como ela incentiva o aprendizado. Na Toyota não é porque ninguém viu que algo não deva ser corrigido, é relatado que no primeiro dia de um funcionário na linha de montagem, após o mesmo cometer um erro que poderia ter gerado um certo prejuízo,  um dado funcionário foi parabenizado pela iniciativa de apresentar o mesmo em seu primeiro dia mesmo tendo em vista uma possível demissão em seu primeiro dia. Segundo o Luiz nao se deve fomentar uma cultura de méritos baseada na não  realização de erros,  ou muito menos passar sempre a mão na cabeça de seu companheiros, deve-se encontrar o equilibrio e criar um ambiente em que os problemas tornem-se oportunidades de melhorias.

Um ambiente de trabalho focado em aprendizagem deve manter todos motivados e propensos a caminhar na mesma direção, empresas buscam lucro, ter sucesso em longo prazo, contribuir para a sociedade, ter excelencia e qualidade; assim como as pessoas que lá trabalhavam visam melhores salários, crescimento profissional, reconhecimento, um bom local de trabalho e trabalhar em algo significativo.Ambos querem prosperar e se estes estiverem navegando em rumo a um ponto comum todos vão chegar lá mais rápido! Para isso deve existir confiança mutua, cada um deve acreditar que o outro fará de tudo para ajudar a alcançar estes objetivos.

Mas nem todos conseguem se acostumar com este tipo de pensamento, então para ele existem algumas qualidades importantes que que fundamentam este comportamento, a primeira destas é a iniciativa. Toda e qualquer ação se alcança com movimentação e não inércia, então um bom parceiro para atingir objetivos mutuos deve ter iniciativa para apresentar suas idéias, para se envolver nas idéias alheias, para efetivamente participar da construção dos produtos e de um ambiente melhor. Logo em seguida o Luiz falou da necessidade de ter paixão pelo que se faz, um bom parceiro na busca incondicionalmente algo ele se diverte enquanto faz isso.

Um bom membro para este time deve também buscar todos os dias a excelência, neste ponto houve uma ressalva na qual houve uma unânime concordância, trabalhar muito não significa praticar muito em busca da excelência, você pode estar repetindo algo errado o tempo todo.A prática correta é que leva a perfeição. Trabalhar bem não é trabalhar mais e sim trabalhar melhor!

Escutei de um dos meus líderes técnicos e concordo plenamente que o TRABALHO TEM QUE SER MOTIVANTE, ou ele te motiva ou você motiva ele, caso nenhum dos dois acontecer procura um novo! Não espere que alguém chegue com uma idéia genial que vai mudar teu trabalho, ajude a construí-la.

Para trabalhar as idéias o Luiz apresentou os conceitos de Hansei e kaizen!! O Hansei é uma reflexão profunda para identificar um problema e o kaizen são as iniciativas para melhorar continuamente. Segundo ele estas devem ser praticadas nas retrospectivas em relação a novas idéias ou antigos problemas e sempre que se tiver uma iniciativa de apontamento de solução apoiado pela equipe, alguém deve implanta-lá e constantemente facilitar seu monitoramento, pois idéias não devem ser desperdiçadas !

Um bom membro para esta equipe deve conseguir se adaptar facilmente, estes caras devem ou desejam ser poliglotas, para o Luiz auto-intitularse como desenvolvedor Java pode acontecer, mas ninguém deve se ver como imutável. Este membro gosta de ensinar e normalmente não gosta apenas de dar as respostas, ele faz perguntas aos demais até que eles mesmos descubram! Água parada apodrece, faça o conhecimento circular…

A bluesoft fazendo a parte dela nesta sinergia, tratou de fomentar um ambiente de aprendizagem. Primeiramente criando uma biblioteca de qualidade, com uma série de livros físicos e virtuais, para que todos tenham acesso; em seguida estimulando a leitura e o compartilhamento deste conhecimento, segundo ele sempre tem alguém estudando ou lendo um dos livros para compartilhar este conhecimento.

É importante citar trazer neste ponto algumas das referências passadas por ele, quem souber mais alguma manda um comentário que vou adicionando.

Biblioteca on-line:

  1. Safari Books Online:

    http://safaribookshelf.com/ – $22,99 para acessar 10 livros por mês.

  2. Audible.com:

    http://www.audible.com/ – $22.95 para ouvir dois audio book por mês.

  3. Peepcode Screemcasts:

    http://peepcode.com/ – $12 para baixar um screencast ou $199 para ver todos por um ano.

  4. Railscasts:

    http://railscasts.com/ – Gratuito.

  5. AkitaOnRails

Outras estratégias legais são os grupos de leitura ou estudo, seja cada um lendo o seu, ou todos lendo o mesmo; programação em par; dojos… O importante é debater e aprender! Ilhas de conhecimento nunca!

A melhor forma de aprender e fazendo! Então sempre depois que você ouvir muito podecast, faca o teu! Depois que você ler um blog faca o teu! Participar de eventos é massa mas passar o conhecimento sobre oque você viu para os demais é ainda melhor! Esse processo ainda faz com que todos melhorem sua atenção, pois terão que ensinar!

Participar de comunidades! Nós já ganhamos muito todos os dias das comunidades e também acho que devemos dar algo em troca, nos temos que mover a máquina, todos nos ajudam a crescer e nós fazemos oque em troca? Participe! Entre no Guj e faça alguns questionamentos ao invés de dar algumas respostas para que bons documentos sejam gerados, contribua intelectualmente ou financeiramente com o  wikipidea, seja comiter de algum framework.

Planejamento e  faça Retrospectiva. Para o Luiz o crescimento deve envolver todo o time e não apenas trabalhar para ele e então aja como um coaching e nao como um instrutor!

Yokotem, todo mundo tem que busar uma forma de desenvolvimento, todas as sementes são iguais em sua origem, mas podem se tornar arvores diferentes. Tudo deve ser entendido e melhorado e não apenas copaiado! Você tem que entender os princípios e não só as praticas!  O ritualdo gato preto foi citado, as vezes repetimos algumas praticas sem saber o motivo então não adianta amarrar o gato que não precisava estar ali!

Nem todo mundo se adapta, se seu time quer evoluir, se todos querem melhorar então todos devem procurar formas para melhorar, se não todos não chegarão!

Por fim o Luiz concluiu com uma afirmação de conceitos, que acredito bastante, ou você paga agora ou vai pagar depois! Este formato de incentivo no qual a empresa apoia a criação e o crescimento desta cultura de aprendizagem não só é o ideal como o mais favorável ao crescimento de profissionais e empresa. Investir dinheiro nisto é aumentar a qualidade técnica e aprimorar os laços de confiança e respeito mutuo.

VALEU LUIZ E ANDRÉ… por mais uma empresa que estimula as boas práticas e a vontade de crescer no nosso mercado.

Construindo uma cultura de aprendizagem